pod.png

Projeto que busca investigar o potencial das vagens da árvore angico para desenvolvimento de materiais. Nativa da América do Sul, a árvore angico (Anadenanthera colubrina) é encontrada em abundância no território brasileiro e utilizada em projetos de recuperação florestal (trampolins ecológicos). Ao completar sua função de produzir e disseminar sementes, as vagens de angico são coletadas, lavadas e fervidas para dar início ao processo de investigação das possibilidades de transformação da matéria-prima. Ao separar e categorizar suas partes, diferentes técnicas de produção são executadas dentro de uma lógica de pensamento circular onde nada é jogado fora e somente ingredientes naturais são adicionados nos processos. Como resultado, as vagens se mostraram uma matéria-prima interessante para o desenvolvimento de tinturas, bioplásticos, biocompósitos, biotecidos e revestimentos têxteis.

angico_1.jpg

PROJETO ANGICO

 
diagrama angico.png

OCORRÊNCIAS NA AMÉRICA DO SUL

Anadenanthera colubrina

Fonte: gbif.org

DIAGRAMA P&D

diagrama angico.jpg
 

MATERIAIS E CORES

tingimento-natural.jpg

Tingimento em algodão e linho

pigmento.jpg

Pigmento em pasta

bioplastico_2.jpg

Bioplástico

biomaterial angico 1.jpg

Biomaterial de Angico

 

BIOMATERIAL DE ANGICO

textura4.jpg
textura1.jpg
textura3.jpg

Texturas do biomaterial

 

O biomaterial de Angico (biotecido) é um material de base biológica feito com as vagens de angico e polímeros naturais de origem vegetal. O tecido não tecido é composto com insumos 100% à base de plantas, livre de plásticos e produtos químicos. Possui brilho e textura natural, costurável, selável é resistente à água porém não é 100% impermeável. Customizável, pode ser produzido em diferentes gramaturas, tamanhos e aplicação de texturas em baixo relevo.

O biotecido oferece uma alternativa de tecido que utiliza tecnologia verde, manufatura enxuta e recursos naturais abundantes e locais para sua produção, contribuindo assim para o seu potencial de escalabilidade.  Esse material está na fase de desenvolvimento para aprimoramento de suas qualidades técnicas. Sua utilização como revestimento em tecido também tem sido considerada e pesquisada. Caso queira saber mais sobre o biomaterial e formas de contribuir para este projeto, entre em contato conosco!

bioplastico_2.jpg

Biomaterial dupla face

angio-bio.jpg

Clutch feita com o biomaterial e amostras 

pelicula-angico.jpg

Revestimento em tecido de algodão

 

VÍDEO